skip to Main Content

5 de dezembro: principais capitais tiveram protestos contra a Reforma da Previdência

Apesar da decisão das centrais sindicais de desmarcar a Greve Geral contra a reforma da Previdência, a ASSIBGE-SN manteve as assembleias já previstas para o dia 5 de dezembro. Em algumas unidades houve atividades e outras decidiram participar das mobilizações unitárias em suas cidades.

A atitude das centrais, que convocaram uma Greve Geral em cima da hora e sem nenhuma organização, e depois desmarcaram a mobilização sem consultar ninguém, mostra que é preciso renovar as estruturas do movimento sindical.

É fundamental que se formem comandos permanentes de luta nos estados e nas principais cidades do país, para que haja possibilidade de resistência contra a Reforma da Previdência do governo Temer, que já prevê a votação no Congresso Nacional para a próxima semana.

Nas principais capitais do país foram registradas manifestações, promovidas pelos servidores públicos, com a participação de movimentos de luta pela terra e moradia, além de trabalhadores e estudantes.

Deixe uma resposta

Back To Top
Pesquisar