skip to Main Content

Ibgeanos elegem seus representantes ao Comitê Gestor de Carreira

Apesar da pouca divulgação e das dificuldades para votar, devido ao sistema adotado, os servidores do IBGE elegeram seus representantes às sete vagas do Comitê Gestor do Plano de Cargos e Carreiras (CGPCC). Foram 1.027 votos válidos para preencher as vagas das unidades do Rio (três), as unidades estaduais do restante do país (três) e uma para os aposentados. Em 2015 o total de votos foi de 2.720. Caberá aos eleitos cobrar do IBGE a convocação das reuniões e representar a categoria no CGPCC, sempre levando as reivindicações dos ibgeanos, assim como tem feito o Sindicato. Anote os nomes dos colegas eleitos e esteja atento à atuação dos representantes da categoria:   Unidades do Rio de Janeiro Susana Lage Drumond (190 votos) Miguel Ângelo (69 votos) Paulo Lindesay (33 votos)   Unidades Estaduais Guilherme Lorentz – UE/MG (251 votos) Waleska Figueiredo – UE/SE (123 votos) Cássius de Brito – UE/PR (122 votos)   Aposentados Julio Cesar Pacheco (38 votos)

Read More

Rodrigo Maia recebeu servidores depois da manifestação de 28 de novembro*

O ato público do dia 28/11 em Brasília, convocado pelas entidades sindicais dos servidores federais, foi realizado em frente ao Anexo II do Congresso Nacional. Isso criou o fator surpresa e facilitou a participação de parlamentares, resultando em maior visibilidade através de vídeos compartilhados nas redes sociais, que serviram como divulgação da manifestação.   Houve discussão com a polícia legislativa, mas não houve bombas ou outra forma de violência. Somente no final do ato a polícia do DF apareceu, para impedir a passagem dos ônibus e das pessoas a pé, exigindo identificação e motivo para circular pela Esplanada. A solução encontrada foi colocar o pessoal em taxis e uber para chegar até o local da manifestação.   A estimativa da organização foi da participação de 5 mil pessoas, conforme se previa inicialmente. Além das delegações sindicais do funcionalismo federal, a manifestação contou com o reforço de caravanas de sem-terra e sem-teto, além de outras delegações de movimentos populares.   A repercussão do ato foi relevante, com notícia na imprensa da Capital federal. Depois de muito vai e vem, durante a reunião de avaliação foi informado que Rodrigo Maia receberia uma delegação às 18h. O que se sabe é que o…

Read More

Data de protestos de servidores e de fiasco para o governo

No dia em que os servidores escolheram para protestar, em todo, o país contra o pacote “de maldades” do governo e contra a reforma da Previdência, o Ministério do Planejamento anunciou o envio de nova Medida Provisória (MP) para manter o Programa de Desligamento Voluntário (PDV), a jornada de trabalho reduzida com remuneração proporcional e a licença incentivada sem remuneração para servidores públicos federais – que entraram em vigor em julho último. Apesar da estimativa do Planejamento, à época, de uma demanda de cerca de cinco mil pessoas, a iniciativa foi um fiasco. Na prática, apenas 76 aderiram ao PDV; 140 aceitaram baixar a jornada de 40 para 30 horas semanais; 13, de 40 para 20 horas; e somente11 optaram pela licença incentivada. Para o ministro Dyogo Oliveira, “o número de adesões está em linha com as expectativas do governo, com destaque para a redução de jornada, que é o primeiro passo do referido caminho”. No entender de Vladimir Nepomuceno, ex-assessor do Planejamento e consultor da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip), “após experiências frustrantes de dois PDVs, nos quais quase a totalidade dos que aderiram passou a viver com muitas dificuldades, alguns até de favor para…

Read More

Direção Nacional aprova participação da categoria na luta contra a Reforma da Previdência

As resoluções da reunião da Direção Nacional da ASSIBGE-SN, realizada entre 24 e 27 de novembro, em Niterói (RJ), apontam para a necessidade de unidade da categoria ibgeana com os demais trabalhadores, na luta contra a Reforma da Previdência do governo Temer. Neste sentido, a DN aprovou a participação dos trabalhadores do IBGE na mobilização pela Greve Geral de 5 de dezembro, convocada pelas centrais sindicais para a véspera prevista da votação do projeto de reforma previdenciária no Congresso Nacional. A reunião nacional aprovou também o repasse das resoluções aprovadas em assembleias, convocadas pelas coordenações de Núcleos de 29 de novembro a 4 de dezembro. O objetivo é informar e organizar a categoria para a implantação das decisões adotadas pelos delegados eleitos na base. A reunião da DN contou com a participação de 89 delegados e observadores de 28 Núcleos de todo o país, incluindo os membros da Executiva Nacional. Confira o conjunto das resoluções aprovadas:   Resoluções da Reunião Extraordinária da Direção Nacional da ASSIBGE-SN   Seguir na resistência à política de desmonte do Estado, executada pelo governo Temer em associação com o empresariado; Intensificar e participar das manifestações e atos contra os projetos de lei que retiram direitos…

Read More

Reunião da DN: palestrantes alertaram para os danos das contrarreformas e da precarização do trabalho

A economista Ana Magni (IBGE) e o professor de economia da UFBA, Vitor Filgueiras, foram os convidados para abordar o tema “Retrocesso e barbárie: as contrarreformas e a precarização do trabalho, durante a reunião da Direção Nacional da ASSIBGE-SN. Os dois discorreram sobre as razões que levam o grande capital exigir as reformas trabalhista e previdenciária e suas consequências para os serviços públicos e os servidores.   Resumo da intervenção de Ana Magni (IBGE) Pressão sobre os estados nacionais No mundo contemporâneo o sistema capitalista tenta se livrar de todo o arcabouço jurídico que se afirmou sobre as relações de trabalho e a proteção social no pós-guerra. Predominam as finanças sobre a produção. Existe uma pressão para que toda a regulamentação de defesa de direitos dos trabalhadores e dos mais pobres seja colocada de lado. Isso inclui a segmentação da classe trabalhadora, o que nos divide e nos tira o censo de pertencimento a uma classe. No Brasil houve resistência intensa aos ataques neoliberais nos anos 80. Ao final daquela década era preciso construir a proteção social e do trabalho para a população, num país que saiu de uma realidade rural para uma sociedade predominantemente urbana. Como se fez a…

Read More

Reunião nacional da ASSIBGE-SN debateu violência e assédios nos locais de trabalho

Em evento programado para a manhã do segundo dia da reunião da Direção Nacional da ASSIBGE-SN, a historiadora e diretora do ANDES, Caroline Silva, fez uma apresentação sobre a violência nos locais de trabalho. O tema assumiu  tamanha importância para os professores universitários, que foi criado um grupo sindical para produzir materiais e realizar palestras por todo o país. Além de localizar o assunto a partir de suas raízes na História do Brasil, Caroline citou exemplos atuais de como essa prática tem consequências concretas nas vidas dos segmentos mais oprimidos da população brasileira. A Executiva Nacional informou que está finalizando uma cartilha sobre assédios e discriminação no trabalho. Confira, abaixo, os principais trechos da palestra.   “A naturalização da violência nos espaços de trabalho: um debate de classe, gênero, raça e sexualidade” Somos um país miscigenado? "O discurso oficial diz que somos um país miscigenado, etc. Mas esse processo não se deu de forma harmoniosa: foi pela força, pelo estupro, pelo genocídio, pela escravidão. As mulheres indígenas e negras foram as maiores vítimas. Isso foi sendo naturalizado ao longo da História. As expressões da linguagem cotidiana são a legitimação do racismo, como denegrir, etc. Quantas mulheres foram assediadas por tios…

Read More

Informes da Executiva Nacional e das Coordenações de Núcleos

A reunião da Direção Nacional da ASSIBGE-SN teve início na tarde de 24 de novembro, com a leitura e aprovação do Regimento Interno, seguida da apresentação dos informes da Executiva Nacional e das Coordenações de Núcleos de todo o país. A Executiva fez um resumo da reunião com a Direção do IBGE, em 22 de novembro, que tratou das relações sindicais, Plano de Carreira, Planejamento Estratégico, mudança de Estatuto do IBGE, acumulação de cargos dos servidores de Nível Intermediário, práticas de assédios no IBGE, Censo Agropecuário, Projeto Rede e o processo eleitoral do Comitê Gestor de Carreira. Os representantes dos Núcleos Sindicais de base presentes deram um panorama de suas atividades e levantaram suas preocupações. No geral os informes espelharam as dificuldades em mobilizar a categoria, mas também as iniciativas de alguns Núcleos, seguindo o calendário de lutas e atividades dos fóruns dos servidores e da ASSIBGE-SN. Participaram da reunião da DN delegados e observadores de 28 Núcleos de todo o país, num total de 89 inscritos, incluindo os membros da Executiva Nacional da ASSIBGE-SN.

Read More

Palestras da reunião da DN são abertas a todos os ibgeanos

Se você é ibgeano(a) e se encontra no Rio neste final de semana, pode acompanhar as palestras da reunião da Direção Nacional da ASSIBGE-SN. Anote e compareça: Sábado, 25/11, às 8:30h – “A naturalização da violência nos espaços de trabalho: um debate de classe, gênero, raça e sexualidade”, com Caroline Lima, Professora Assistente da UNEB e diretora do ANDES; Sábado, às 14h - “Retrocesso e barbárie: as contrarreformas e a precarização do trabalho”, com a economista Ana Magni (IBGE) e o Professor de Economia da UFBA, Vitor Filgueiras.

Read More

Acompanhe as atividades da reunião da Direção Nacional da ASSIBGE-SN

Siga através do nosso portal e do Facebook, as atividades da reunião da Direção Nacional da ASSIBGE-SN, de 24 a 27 de novembro, em Niterói (RJ). Participam do evento 89 companheiros(as), entre delegados e observadores de 28 Núcleos Sindicais de todo o país, e membros da Executiva Nacional. Você terá um resumo das intervenções dos palestrantes, dos debates e das decisões que forem adotadas. Leia e compartilhe as informações com os colegas.

Read More

Direção do IBGE assume compromissos com o Sindicato

Em reunião com a Executiva Nacional da ASSIBGE-SN, realizada em 22 de novembro, a Direção do IBGE informou que já tem os recursos necessários para as pesquisas e a logística de funcionamento do Instituto, inclusive para o censo ambiental, a primeira etapa preparatória do Censo Demográfico de 2020 e para o término do Censo Agropecuário, em 2018. No entanto, admitiu que o problema crucial continua a ser a falta de pessoal. Diante da série de problemas levantados pela ASSIBGE-SN, a Direção insistiu em afirmar sua disposição para o diálogo, mas pouco ou nada respondeu de objetivo aos pontos apresentados pelo Sindicato. Estiveram presentes à reunião Fernando Abrantes (Diretor Executivo), Claudio Crespo (Diretor da DPE) e Bruno Malheiros (Coordenador de RH), representando o IBGE. A ausência do presidente se deu em razão de um evento em Brasília.   Participação dos trabalhadores Alguns pontos da pauta permaneceram sem um esclarecimento mais detalhado, entre eles a reformulação do Estatuto do IBGE, o papel do pré-candidato Paulo Rabello no Conselho Técnico do IBGE, a situação do Planejamento Estratégico do IBGE e a questão da acumulação de cargos para os servidores de Nível Intermediário. Frente a questionamentos, a Direção do IBGE se comprometeu a fazer…

Read More
Back To Top
Pesquisar