skip to Main Content

Centrais suspendem greve de 5 de dezembro, mas ASSIBGE-SN mantém assembleias

Em função do recuo momentâneo do governo Temer, por não contar com o número de votos suficientes para aprovar a reforma da Previdência, as centrais sindicais suspenderam a convocação unitária que fizeram por uma Greve Geral em 5 de dezembro. No entanto, a ASSIBGE-SN alerta para a manutenção do estado de mobilização dos trabalhadores.

Não é possível confiar num governo golpista, que lança mão da compra de votos e da barganha de cargos para aprovar seus projetos no Congresso Nacional. É importante observar que o projeto, anunciado como um corte dos “privilégios”, mira exatamente no funcionalismo, fazendo dos servidores o bode expiatório de um déficit mentiroso da Previdência.

Se o governo Temer ainda não tem certeza de contar com votos para aprovar a Reforma da Previdência, o funcionalismo deve permanecer atento e preparado para protestar, pois o projeto pode ser levado a votação a qualquer momento no Congresso Nacional.

A ASSIBGE-SN indica aos Núcleos Sindicais que mantenham suas assembleias e a todos os trabalhadores do IBGE que compareçam às atividades convocadas por seus Núcleos, visando organizar a categoria para o enfrentamento da Reforma da Previdência.

Deixe uma resposta

Back To Top
Pesquisar