skip to Main Content

Esclarecimento sobre reajuste salarial

Diante das dúvidas e questionamentos de muitos ibgeanos, a ASSIBGE-SN esclarece que o acordo que assinamos em 2015 previa o parcelamento do reajuste de 10,8% em duas vezes (agosto de 2016 e janeiro de 2017). Diversas categorias que optaram por um acordo parcelado do reajuste em quatro anos, simplesmente levaram um calote e não há sequer previsão de quando vão receber.

Como é de praxe, o reajuste salarial dos servidores públicos federais é em 1 de janeiro. Nesta data o governo Temer poderia ter reajustado nossos salários, pelo menos para cobrir as perdas inflacionárias de 2017, mas não o fez.

Esclarecemos, portanto, que não existe mais nenhuma parcela do acordo de 2015 a ser paga aos servidores do IBGE. Isso significa que só teremos reajuste daqui em diante se voltarmos a pressionar o governo.

This Post Has 2 Comments
    1. Anderson, o acordo não foi da ASSIBGE-SN, mas uma escolha feita pelos servidores do IBGE em suas assembléias. Até a publicação da matéria que vc cita o governo estava amparado no decreto do Presidente Temer, que adiava o pagamento da parcela de 2018 para 2019, para as categorias que fizeram o acordo em quatro vezes. E mais, o percentual que recebemos em duas vezes equivalem ao que os colegas das demais categorias, que optaram por receber em quatro vezes.

Deixe uma resposta

Back To Top
Pesquisar